AS 10 TRAGÉDIAS DE FERIADOS MAIS LOUCAS

Os feriados podem ser ocasiões mágicas, reunindo famílias e unindo comunidades em um espírito comum de celebração. No entanto, tanta alegria pode gerar uma quantidade igual de ressentimento de qualquer pessoa de fora. Tanta importância atribuída a qualquer dia pode causar expectativas não atendidas. Além disso, sempre que grupos de pessoas se reúnem, existe um potencial para o confronto. Independentemente do motivo, algumas coisas realmente horríveis acontecem nos feriados. No artigo de hoje, vou te mostrar as 10 tragédias de feriados mais loucas. Você está Em Marte, o seu site de curiosidades!


📌 10ª tragédia de feriado mais louca - O massacre de Covina:



Na véspera de Natal de 2008, em uma festa de Natal em Covina, Califórnia, nove pessoas foram assassinadas por um homem fantasiado de Papai Noel. O homem, Bruce Jeffrey Pardo, foi motivado por seu recente acordo de divórcio e pagamentos de pensão alimentícia. O processo de divórcio, que durou meses e terminou apenas uma semana antes, custou a Pardo muito dinheiro, e ele não o aceitaria. Ele estava tendo sérios problemas mentais, no entanto. Ele elaborou um plano para atacar uma festa de Natal que seus sogros ofereceriam e sua ex-esposa compareceria. Ele apareceu com uma roupa de Papai Noel, com um lança-chamas que ele empurrava em um carrinho e um total de quatro pistolas automáticas. Pardo matou nove pessoas, com arma ou lança-chamas, incluindo sua própria sobrinha de 8 anos, e incendiou a casa enquanto os festeiros fugiam. Ele cometeu suicídio mais tarde naquela noite. Mas essa foi uma pequena restituição para sua ex-mulher e sua família, que morreu sofrendo.


📌 9ª tragédia de feriado mais louca - O bombardeio de Dresden:



Se você leu “Slaughterhouse-Five”, de Kurt Vonnegut, já ouviu falar do horror que foi o bombardeio de Dresden, na Alemanha. No Dia dos Namorados de 1945, uma frota de mais de 1,00 aviões da Força Aérea Britânica e das Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos atacou a cidade alemã, lançando quase 4.000 libras de explosivos. As estimativas de baixas variam principalmente devido ao número indeterminado de refugiados de guerra que permanecem na cidade. A estimativa conservadora é de 25.000, e outras sobem acentuadamente a partir daí. Os críticos do bombardeio citam a falta de significado militar da cidade e sua abundância de significado cultural para a sociedade alemã. Vonnegut, ele próprio um prisioneiro alemão em Dresden durante o bombardeio, conta sua experiência ao reunir corpos para sepultamento. Eventualmente, havia simplesmente muitos para enterrar e as tropas alemãs começaram a empilhá-los e incinerá-los com lança-chamas.


📌 8ª tragédia de feriado mais louca - A debandada de Xangai:



Na véspera de Ano Novo de 2014, cerca de 300.000 pessoas se reuniram na Praça Chen Yi em Xangai, na China. Ao longo das margens do rio Huangpu, a multidão veio assistir a um show de luzes destinado a comemorar o ano novo que se aproximava. Ninguém esperava uma multidão tão grande e havia pouco na forma de controle oficial da multidão para ajudar a organizar a todos. Poucos minutos antes da meia-noite, uma debandada estourou entre a multidão. Milhares avançaram e pisotearam uns aos outros, deixando 36 mortos e 49 feridos. Os relatos da mídia chinesa eram vagos e conflitantes quanto ao que realmente começou a debandada e, até agora, nenhuma causa oficial está listada, apenas relatos vagos de confusão e pânico da multidão.


📌 7ª tragédia de feriado mais louca - Os assassinatos da família Lawson:



No dia de Natal de 1929, o fazendeiro Charles Lawson matou sua esposa e seis de seus sete filhos. Ele começou com duas de suas filhas, emboscando-as com uma espingarda na fazenda de tabaco da família. Ele voltou para a varanda e atirou em sua esposa Fannie. Isso alertou o resto das crianças, que tentaram se esconder na casa. Ele os encontrou e matou todos eles. Sua última vítima foi o bebê de 4 meses. Lawson então colocou os corpos cuidadosamente para fora, cruzou os braços e apoiou a cabeça nas rochas. Ele então desapareceu na floresta. Em poucas horas, uma multidão de vizinhos descobriu ou ouviu falar da cena e se reuniu na propriedade. Testemunhas ouviram um único tiro vindo da floresta. Mais tarde, eles encontraram o corpo de Lawson, morto por suicídio. Nenhum motivo claro para a farra horrível de Lawson foi determinado, mas havia rumores entre familiares e amigos de que ele engravidou recentemente sua filha, uma das vítimas.


📌 6ª tragédia de feriado mais louca - Os assassinos da caixa de ferramentas:



Lawrence Bittaker e Roy Norris eram assassinos em série conhecidos como Assassinos da Caixa de Ferramentas. Considerando sua predileção por usar uma variedade de ferramentas domésticas para torturar e matar suas vítimas, é fácil ver por que eles receberam esse nome. Eles reivindicaram sua quinta e última vítima na noite de Halloween em 1979. Naquela noite, eles sequestraram a jovem Shirley Lynette Ledford enquanto ela estava do lado de fora de um posto de gasolina. Eles então começaram a amarrá-la, estuprá-la repetidamente e torturá-la com seu conjunto de ferramentas de assinatura antes de matá-la. Eles jogaram o corpo dela em um gramado escolhido ao acaso, simplesmente para ver o que a imprensa diria sobre o local.


📌 5ª tragédia de feriado mais louca - O desastre de Tangiwai:



Um trem de passageiros transportando 285 pessoas cruzava velozmente uma ponte na Nova Zelândia na véspera de Natal de 1953. Sem o conhecimento dos passageiros e da tripulação, uma barragem próxima havia estourado recentemente, fazendo com que uma grande onda de lama passasse por baixo da ponte e danificasse suas estruturas de suporte . Quando o trem passou pela ponte, seu peso fez com que toda a estrutura desabasse. 151 das 285 almas a bordo morreram no acidente. As equipes de resgate procuraram por dias entre os destroços, esperando por sobreviventes ou pelo menos corpos identificáveis, mas 20 passageiros nunca foram encontrados, supostamente carregados rio abaixo.


📌 4ª tragédia de feriado mais louca - Ronald Sisman e Elizabeth Platzman:



Na noite de Halloween de 1981, o casal de Nova York, Ronald Sisman e Elizabeth Platzman, foi assassinado em sua casa. A dupla foi violentamente espancada e forçada a se ajoelhar, e então foi baleada na cabeça como uma execução. Como sua casa foi saqueada e seus itens roubados, a polícia inicialmente acreditou que todo o evento foi um roubo que deu errado. Exceto que as autoridades foram avisadas dos assassinatos com antecedência. Enquanto estava na prisão, o infame assassino em série David Berkowitz, mais conhecido como “Filho de Sam”, alertou os oficiais da prisão que o culto satânico ao qual ele pertencera iria cometer um assassinato ritual naquela noite de Halloween. Ele deu o local correto do assassinato e descreveu a casa que o culto esteve vigiando. Combinava perfeitamente com a descrição da residência das vítimas.


📌 3ª tragédia de feriado mais louca - Os assassinatos de Carnation:



Os assassinatos de Carnation têm o nome da cidade em que ocorreram - Carnation, Washington, uma pequena cidade rural sem nenhuma pretensão à fama, exceto, infelizmente, essa onda de assassinatos. A véspera de Natal de 2007, Joseph McEnroe e Michele Anderson assassinaram a família inteira de Anderson. Os dois chegaram à casa dos pais de Anderson, onde a família estava reunida, e esperaram com as armas nas mãos. Os pais de Anderson chegaram primeiro e foram mortos a tiros. Seus corpos foram escondidos, a entrada limpa e a armadilha do crime reiniciada. Então, o irmão e a cunhada de Anderson chegaram com seus dois filhos. Eles também foram mortos a tiros, crianças incluídas. Quando questionada sobre por que ela fez isso, Anderson disse que se sentiu injustamente tratada por seus pais e que seu irmão lhe devia dinheiro, e McEnroe disse uma série de bobagens incoerentes.


📌 2ª tragédia de feriado mais louca - Omaima Nelson:



Foi no Dia de Ação de Graças de 1991, que a modelo egípcia Omaima Nelson assassinou seu marido. Ela alegou que foi em retaliação por ele ter abusado sexualmente dela naquela noite. Talvez fosse verdade, mas o que aconteceu depois do assassinato foi mais 'canibal demoníaco' do que 'vingador'. Após a alegada agressão sexual, Nelson amarrou seu marido e apunhalou-o no peito com uma tesoura. Ele sobreviveu ao ataque, então ela o espancou até a morte com um ferro de passar roupas, acertando-o com força suficiente para quebrá-lo. Ela então cortou seu corpo em pequenos pedaços, incluindo castrá-lo e colocar sua cabeça decepada em seu freezer. Ela colocou as mãos decepadas em uma panela para ferver para remover as impressões digitais. Ela admitiu ter comido pedaços dele, mas depois se retratou dessas afirmações, dizendo que, em vez disso, ela havia apenas colocado os pedaços que faltavam no lixo. Ao todo, quando os investigadores encontraram o corpo de seu marido, cerca de 36 quilos dele estavam desaparecidos.


📌 1ª tragédia de feriado mais louca - O incêndio em Cocoanut Grove:



O incêndio em Cocoanut Grove é o único incêndio em uma boate mais mortal da história, matando 492 pessoas. O Cocoanut Grove, que estava excepcionalmente movimentado na noite do incêndio, era um clube popular em Boston, Massachusetts. Era sábado depois do Dia de Ação de Graças, e muitos estavam na cidade visitando a família. Além disso, foi o primeiro Dia de Ação de Graças depois que os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial e os destinos de distração, como os clubes, estavam prosperando. O Cocoanut Grove estava lotado. Os investigadores nunca determinaram a causa do incêndio na boate. Eles disseram, porém, que o fogo começou na folhagem de uma palmeira artificial. O fogo se espalhou pelo teto e rapidamente atingiu todas as áreas do clube, levando apenas cinco minutos para engolir todo o estabelecimento. As portas laterais e várias outras saídas foram trancadas para evitar que os clientes escapassem. Isso deixou apenas uma saída aberta - a porta da frente. A porta era uma porta giratória que foi tornada inoperante pela multidão de pessoas que tentavam passar por ela em segurança. 492 pessoas morreram no incêndio. O pequeno lado positivo é que o incidente desencadeou uma onda de leis e regulamentos de segurança contra incêndio na esperança de prevenir outra tragédia dessa magnitude.

35 visualizações0 comentário